Minha Horta Cidadã – Programa garante renda extra a beneficiários com a produção de hortaliças e legumes

O casal de Agricultores Francisca da Silva e Alcino de Lima, fazem parte dos 37 beneficiários da primeira etapa do Projeto Minha Horta Cidadã, os quais receberam o  kit horta composto por adubos, sementes e ferramentas em 2021 promovido pelo Governo, por meio da Setrabes  através do  financiamento em parceria com a Desenvolve/RR  para montagem de sua horta em casa, gerando renda extra e garantindo a complementação de renda para auxiliar no sustento da família.

A agricultora Francisca da Silva destacou que sempre foi um sonho do seu marido ter uma horta em casa, e quando receberam o kit pela Setrabes ficaram muito gratos e felizes em construir sua própria horta no quintal de casa, e por meio do Programa Planta Roraima conseguem trabalhar e pagar as contas, com a venda de legumes e das hortaliças. Na ocasião, destacou sobre a importância da capacitação que para muitas pessoas que não têm conhecimento, o curso possibilita entender todo processo da montagem da horta e da geração de renda extra.

A coordenadora Estadual de Segurança Alimentar, Rita Mello, falou que na primeira etapa 37 beneficiários receberam o kit horta em 2021 e a primeira capacitação teórica e prática, além do acompanhamento da equipe e do técnico do projeto para auxiliar nas orientações das montagens dos canteiros. Ressaltou ainda que dentro do Programa já foram realizadas duas capacitações abordando o tema como empreendedorismo, produção e autoestima.

“A terceira etapa está prevista para acontecer ainda em abril. Em  breve o Projeto Minha Horta Cidadã dará início a uma nova etapa com a proposta de atender 81 beneficiários aptos a participar do projeto”, informou.

A secretária Tânia Soares disse que o Projeto Minha Horta Cidadã é um projeto de capacitação em segurança alimentar e nutricional. Com montagem de quintais produtivos nas casas das famílias, visando garantir uma alimentação adequada, e também o acesso aos meios de produção de agricultura urbana em pequenos espaço.

“Sem dúvida ofertamos esta solução financeira para muitas famílias beneficiadas em vários bairros. As hortas urbanas tornam os ambientes mais sustentáveis e aumentam as perspectivas de segurança alimentar das famílias e comunidades”, disse.