FAÇA BONITO | Campanha promove ação sobre o combate ao abuso sexual de crianças e adolescentes

Publicado sexta-feira, às 18h10

O Governo de Roraima, por meio da Secretaria do Trabalho e Bem-Estar Social (Setrabes), realizou nesta sexta-feira, 17, a blitz educativa alusiva à Campanha Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, na praça do Centro Cívico com distribuição de material informativo.

O objetivo é reforçar a mobilização de toda a sociedade para participar da defesa dos direitos de crianças e adolescentes. Além de incentivar a denúncia de casos e promover a proteção dos direitos desses jovens.

A ação contou com a participação dos alunos da escola Euclides da Cunha, servidores, Detran, Policia Militar, Policia Civil, Conselho Tutelar, Cedcar (Conselho Estadual de Direito da Criança e Adolescente de Roraima), Agências da ONU e demais parceiros da rede de proteção as crianças e adolescentes.

A Secretária Tânia Soares, reforçou que a Campanha Faça Bonito é uma oportunidade para ampliar a sensibilização sobre esse tema e fortalecer a rede de proteção às crianças e adolescentes.

Esta é uma ação muito importante para combatermos o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes. Por meio das atividades de mobilização com foco na prevenção. Queremos alertar a população para o compromisso da gestão em proteger as crianças e os adolescentes do nosso Estado e do Brasil ”, afirmou.

O Coordenador Estadual do Peti (Programa de Erradicação do Trabalho Infantil), João Paulo, destacou que a Campanha convida toda população a participar dessa mobilização.

O objetivo do Faça Bonito é sensibilizar a comunidade geral, autoridades e o poder público para fazer parte dessa campanha. Fazer bonito e mostrar o seu papel no enfrentamento ao abuso e exploração sexual das crianças e adolescentes , disse.

A Presidente do Comitê Estadual de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes de Roraima (Ceevsacrr), Socorro Santos, falou sobre a importância das políticas públicas em assegurar os direitos humanos de crianças e adolescentes vulneráveis à violência e à exploração sexual.

O Comitê tem o papel da integralidade das instituições com o objetivo de impulsionar o enfretamento a violência sexual contra crianças e adolescentes no nosso Estado, levando a sociedade geral a acessibilidade para que sejam ponto de fortalecimento e incentivo para fazer as denúncias e proteção das nossas crianças e adolescentes, finalizou.

Faça Bonito!

A Campanha em referência ao Dia Nacional de Enfrentamento ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes (18 de maio), visa chamar a atenção da sociedade para o assunto que é preocupante.

Em todo o Brasil, estados, municípios, setor empresarial e organizações da sociedade civil aderem à Campanha para convocar a sociedade a assumir a responsabilidade de prevenir e enfrentar o problema da violência sexual praticada contra crianças e adolescentes no Brasil.

A data 18 de maio foi escolhida como dia de mobilização contra a violência sexual porque em 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória (ES), um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “Caso Araceli”. Esse era o nome de uma menina de apenas oito anos de idade, que teve todos os seus direitos humanos violados, foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta daquela cidade. É preciso garantir a toda criança e adolescente o direito ao desenvolvimento de sua sexualidade de forma segura e protegida, livres do abuso e da exploração sexual.

Canais de denúncias

As denúncias podem ser feitas pelo Disque 100; ao Conselho Tutelar; à Polícia Civil (197); à Polícia Militar (190); à Polícia Rodoviária Federal (191); ou às ouvidorias de Tribunais da Justiça do Trabalho. Para crimes na internet, também é possível fazer a denúncia no site new.safernet.org.br/denuncie.


SECOM-RORAIMA

JORNALISTA: Ágata Lima

FOTOGRAFIA: Stephane Queiroz

Pular para o conteúdo